sábado, 23 de julho de 2011

Não. Eu ainda não esqueci você.

Não. É muito difícil conviver com a sua ausência. Talvez a sua ausência seja o maior motivo da dor que sinto.
E todo mundo sabe o quão triste estou por dentro. Posso parecer feliz e até estar feliz as vezes. Mas sempre penso que com você ao meu lado estaria mais feliz.
Sinto seu cheiro em outras pessoas, até vejo seu rosto em outras pessoas. Até achei que estava ficando louco quando o telefone tocou e escutei a sua voz. Por que insiste em me perseguir até em meus sonhos? A dor de sentir a sua falta acordado já não é suficiente?
Dizem que os sonhos são os reflexos de nossos desejos. Queria muito que os sonhos que tenho tido ultimamente e com frequência maior fossem realidade. Você ao meu lado novamente.
Todos dizem que ainda gosto de você. Mas e se eu gostar, qual o problema? Essa pergunta faço todos os minutos do meu dia. Qual o problema? Algumas respostas me veem a cabeça: Você pode me deixar novamente, você pode ser outra pessoa ou podemos não dar certo.
Mas e se o problema for comigo. Ah sim. Acho que este é o problema. Escuto todos os dias que "figurinha repetida não completa álbum" e "não devemos mexer com defuntos". Mas e se for a figurinha mais importante do meu álbum? E se não tiver morrido? Isso só eu sei.
Você não sabe a vontade que tenho de voltar naquela árvore onde gravamos as nossas iniciais e saber como está. Você não sabe a vontade que tenho de ligar para você e escutar a sua voz mais uma vez. Quantos e-mails, mensagem escrevi para você e apaguei para deixar-te em paz. As vezes posso não conseguir apagar e mandar assim mesmo. Perdoe-me por tudo.
Acho que essa angústia irá passar. Não acredito em reeditar um amor de muito tempo. Acho que existem muitas variáveis que impedem isso. Mas eu quero muito saber o que nos reserva.
Não. Eu ainda não esqueci você.


"Since you've gone I've been lost without a trace
I dream at night I can only see your face
I look around, but it's you I can't replace
I feel so cold and I long for your embrace
I keep crying baby, baby, please

Oh can't you see
You belong to me
How my poor heart aches
With every step you take

Every move you make
Every vow you break
Every smile you fake
Every claim you stake
I'll be watching you

Every move you make
Every step you take
I'll be watching you

I'll be watching you"

7 comentários:

  1. Linda postagem, Cheia de emoção que toca lá no fundo do coração...Me vi nos seus versos, meu amigo você é especial tem um dom de tocar a alma das pessoas continue assim nos agraciando com suas lindas palavras e que elas possam sempre ir de encontro com nossas almas como elas fazem! Linda postagem,lindo blog cheio de sentimento de verdade bjoooooooos!

    ResponderExcluir
  2. Me encantando por tudo que estou lendo aqui e pela clareza dos sentimentos na escrita.
    Seguindo :)
    Abraço
    http://camillacris.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que lindoo, adorooooo..hehe..
    adoreiii o blog, muitooo legal!
    tenha uma ótima semaninha!!!
    =)

    seguindo vc...

    ResponderExcluir
  4. Nem sei se existem palavras para dizer que nós podemos AINDA ser felizes depois de pensar que não dava mais para se conseguir esta façanha! Mas, eu sei que se existem, essas palavras foram ditas por você neste lindo texto.
    Eu também ainda não pude esquecer o meu passado e seu texto é sua alma.Difícil seguir sozinho não é? Especialmente quando tudo que mais se deseja é estar com aquele alguem tão especial!

    ResponderExcluir
  5. adorei o blog (:
    já to te seguindo ^^

    ResponderExcluir
  6. Lindo Rafael, mas na maioria das vezes o melhor é dar um passo a frente, e claro, deixar algo pra traz...

    gostei do que me respondeu, quero um reencontro... saudade...rs...

    beijooss

    ResponderExcluir